Como criar uma consciência ambiental em seus projetos de TI

0
247

A Tecnologia da Informação transformou o mundo corporativo nas décadas de 1970 e 1980 e hoje é parte indispensável de qualquer negócio. Junto com os avanços, o aumento do uso e do consumo de equipamentos eletrônicos traz seu algumas desvantagens ambientais. Um fator que é o alto consumo de energia elétrica. Outro, ainda mais impactante, é o volume de lixo eletrônico descartado no meio ambiente, gerando poluição de solo, ar e lençóis.

Diante destes problemas ocasionados pela tecnologia e seus empreendimentos, gestores e consultores de tecnologia estão cada vez mais preocupados em diminuir o consumo excessivo de recursos. A prática sustentável chamada TI Verde (Green IT) surge em meio a essa busca por alternativas.

Tanto o governo quanto as empresas estão preocupados com o descarte do lixo eletrônico. Por isso, os gestores de TI estão apostando em projetos que visam reduzir o descarte de equipamentos de informática, como impressoras, roteadores, CPUs, monitores e data centers, que contribuem com 2% da emissão de CO2 (dióxido de carbono).

A emissão de CO2 pela área de TI se deve ao mau gerenciamento dos equipamentos de informática e, por esta razão, há uma preocupação em barrar estes danos ambientais buscando melhorias para a efetividade energética no setor.

Formas de aplicação da TI Verde                                

2_1-rede-verde

Os gestores de TI devem definir metas e planos para a realização dessa prática dentro das empresas, pois através da TI Verde pode-se economizar um percentual de 15% em energia elétrica.

Estas são algumas metas e planos que os gestores de TI devem implantar em seus projetos:

  • Fazer aquisição de hardwares que consomem pouca energia elétrica;
  • Usar thin clients, a fim de reduzir o uso de energia GPU;
  • Fazer uso de telas mais eficientes e econômicas;
  • Usar tecnologia de virtualização com o objetivo de consolidar servidores;
  • Otimizar dados do design center;
  • Fazer manutenção periódica e reparos de equipamentos usados para evitar descartes desnecessários e reposição.

A implantação da virtualização de servidores é outra alternativa nos projetos de TI, pois reduz o consumo de energia elétrica nas empresas. Esta redução pode ocasionar uma economia dramática, sendo que muitos consultores de TI afirmam que uma infraestrutura toda virtualizada reduz os custos de energia em quase 80%.

O setor de centros de dados ou data centers também é outra área de TI que está nos projetos de TI Verde, sendo que estas instalações de infraestrutura exigem refrigerações de seus servidores. Com a consolidação de servidores, os consultores de projetos de TI acreditam na possibilidade de reduzir gastos com energia elétrica e refrigeração.

As melhorias empregadas reduzem o consumo excessivo de energia e melhoram a imagem da empresa em relação à sociedade, pois estão contribuindo para que haja um planeta mais sustentável.

Você já aplicar a TI Verde na sua empresa? Compartilhe sua ideia nos comentários abaixo!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA