6 cuidados básicos que você deve ter com seu aparelho de HDTV

1
311

Do consultor de tecnologia ao usuário mais inexperiente, todos que utilizam o aparelho de HDTV pela primeira vez afirmam que jamais voltariam às TV’s com sinal analógico. E eles estão certos: as qualidades da TV digital – tanto de som quanto de imagem – superam todas as tecnologias anteriores, dando ao espectador a sensação de estar dentro de uma sala de cinema.

Entretanto, é interessante saber que, como se trata de alta tecnologia, os cuidados com os conversores digitais devem ser redobrados, visando um melhor funcionamento e redução na necessidade de reparo de equipamentos.

Se você já tem um aparelho de HDTV – ou está pensando em adquirir um – produzimos um artigo especial com 6 dicas e cuidados básicos que você deve ter com o seu receptor. Além de saber como manter o bom estado de funcionamento do conversor digital, entenda como resolver bugs simples, mas que num primeiro momento podem preocupar!

1. Selo DTV

Ao comprar o seu aparelho de HDTV, é preciso verificar se o mesmo traz consigo o selo com a sigla DTV. Este selo comprova que o equipamento cumpre as determinações firmadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e, portanto, oferecerá o melhor e esperado desempenho.

2. Recepção do sinal digital e analógico

A partir deste ano, as emissoras brasileiras de televisão serão obrigadas a emitir sinais 100% digitais. Entretanto, ainda há canais que oferecem apenas sinais analógicos. Portanto, quem deseja ter acesso às duas tecnologias deve adquirir aparelhos de HDTV que também recebam os sinais analógicos. Existem diversos modelos de receptores que oferecem esta facilidade, portanto atente à esse detalhe na hora de comprar.

3. Aparelho de HDTV e televisores do mesmo fabricante

Para garantir que seu novo receptor será totalmente compatível com a sua televisão, procure adquirir ambos os equipamentos do mesmo fabricante. Como os dois aparelhos vêm da mesma marca, a probabilidade de apresentar conflitos e problemas entre os dois dispositivos é muito menor.

4. Pontos de interferência

Manter-se atento à instalacao de infraestrutura também é importante. Antes de instalar o seu aparelho de HDTV, é importante saber se existem possíveis pontos de interferência próximos à sua residência, como morros e muitos edifícios. Caso existam, é recomendado instalar – juntamente ao equipamento de HDTV – uma antena externa. Assim, o aparelho receberá o sinal em sua melhor qualidade.

5. Qualidade dos Cabos

Utilizar cabos de excelente qualidade para a conexão dos aparelhos (principalmente entre a antena externa e o aparelho de HDTV) é indispensável. Usualmente, os técnicos utilizam cabos coaxiais para UHF com cerca de 70% de malha.

Vale lembrar que os modelos mais utilizados pelos profissionais são o RGC-59 e o RG-6, excelente para a recepção do sinal digital. Em caso de dúvidas, vale obter informações extras com especialistas em antenas.

6. Instabilidade nos receptores digitais via satélite

Sinais digitais recebidos por antenas via satélite geralmente demonstram instabilidade, principalmente com mudanças climáticas bruscas, tais como chuvas e vento. Caso o seu sinal digital seja interrompido por tais motivos, aguarde a melhora do tempo e reinicie o receptor. Em grande parte dos casos esta ação ajuda. Se não houver melhora, o ideal é entrar em contato com a empresa de TV por satélite.

Dica extra: Para uma perfeita instalação dos aparelhos HDTV, seja em casa ou no escritório, é recomendado contar com o auxílio de uma empresa especializada em consultoria para projeto de TI.

Quais são os cuidados que você toma com o seu aparelho de HDTV? Deixe suas dicas nos comentários abaixo!

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA