5 dicas de otimização em uma rede wireless

0
233

Após a chegada da tecnologia mobile uma das frases mais ouvidas por donos de estabelecimentos comerciais é “tem wireless?”. Criamos rapidamente a necessidade de estar sempre conectados, mas essa necessidade só é plenamente satisfeita quando vem acompanhada de uma boa velocidade de conexão. E pensar que se há cerca de 20 anos atrás as redes de internet sem fio ainda não existiam. Hoje, é raro chegar a casa de alguém, escritório, restaurantes, bibliotecas, entre outros, e não perguntar qual a senha do sinal.

Se já é sabido da “necessidade” de se ter um sinal, muitos ainda não sabem, mas há uma série de medidas que podem ser tomadas para otimizá-lo, evitando desperdício dessa sagrada e invisível força. Pensando nisso, elegemos as 5 melhores dicas para potencializar o sinal da sua rede de wireless e fazer com que a velocidade de sua conexão com a internet cause inveja aos vizinhos.

5 cuidados que vão fazer sua rede wireless ter máximo rendimento

1. Localização do roteador

É fato que o sinal de uma rede wireless diminui de intensidade na medida em que o receptor do sinal se afasta do roteador, fazendo com que a conexão fique lenta e fraca com o aumento da distância. Escolher a localização correta do roteador dentro do imóvel ao qual se pretende difundir o sinal é de extrema importância.

Se o sinal precisa atingir vários cômodos, procure colocá-lo na área mais central do imóvel. Porém, se esse roteador transmitir o sinal para apenas dois computadores, o ideal é que ele seja posicionado na metade da distância entre os dois.

2. Fique atento às interferências

Muita gente não sabe, mas existe uma série obstáculos que podem, e vão, causar interferência na transmissão do sinal. E a lista inclui objetos como geladeiras, microondas, armários metálicos, telas de arame e paredes. Nesses casos você terá apenas duas opções: posicionar o roteador em um local que não seja obstruído por esses objetos ou trocar os objetos de lugar.

3. Busque o canal mais vago

As redes sem fio possuem até 13 canais dependendo da região onde fica o imóvel que receberá a rede. Os canais 01, 06 e 11, são os melhores disponíveis, já que não são sobrepostos por nenhum outro. Se no lugar que você irá instalar a rede existe algum desses 3 canais disponíveis, não pense duas vezes antes de usá-los.

Se nenhum desses canais estiver disponível, procure escolher um canal que não possua outras redes sem fio, ou, em último caso, escolha o canal que é usado pelo menor número de redes.

4. Reinicie o roteador regularmente

O roteador, assim como quase todos os eletrodomésticos, precisa descansar para manter seu funcionamento perfeito. Aproveite quando você for sair de casa ou quando estiver dormindo para desligá-lo ou reiniciá-lo. Esse equipamento não foi fabricado para ficar ligado durante dias a fio, e se isso acontecer, certamente apresentará falhas. Reiniciá-lo ajuda a manter a sua eficácia e prolonga o seu uso.

5. Fique atento aos ladrões de sinal

Milhões de brasileiros confessaram acessar a internet usando o sinal de um vizinho. Muitas vezes, essa é a explicação para uma navegação lenta, já que um vizinho folgado pode estar nesse momento fazendo o download de um torrent. Ative o recurso de criptografia no seu roteador no modo WPA-2 e configure uma senha forte que seja fácil de lembrar, mas não de adivinhar.

Turbinar o sinal de internet é muito simples e o resultado pode surpreender você, pois uma conexão lenta, nem sempre, é culpa das operadoras. A NFS oferece serviços de infraestrutura de redes, cabeamento estruturado e reparos de equipamentos para provedores de internet sem fio. Entre em contato e faça um orçamento para suas necessidades.

E você, o que pode fazer para otimizar sua rede wireless? Conte para a gente nos comentários abaixo!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA